quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Resíduos sólidos: Como melhorar?



Como melhorar?

A destinação final é a etapa posterior à coleta de resíduos, sendo a última etapa do processo de limpeza. Atualmente existem diversos métodos de destino final, mas eles não resolvem o problema de forma definitiva, apresentando vantagens e desvantagens do ponto de vista ambiental, social e econômico. No Brasil, quase todos os municípios apresentam dificuldades em relação ao trato de seus resíduos.

Dependendo do método, é possível realizar algum tipo de beneficiamento (com recuperação e reaproveitamento de matéria prima). Como a reciclagem. É importante, no processo da coleta, reduzir o volume pela compactação para aumentar a capacidade de coleta e otimizar o uso dos aterros sanitários.

 
Separando e reciclando
 

Existem locais de triagem que separam os materiais para a reciclagem. Os materiais que vão para a indústria são separados em diferentes matérias-primas.

Reciclagem é quando um determinado material retorna ao ciclo de produção industrial como matéria prima, para que novamente possa ser transformado em um bem de consumo.

Programas de coleta seletiva contribuem significativamente para a obtenção de materiais com menor quantidade de impurezas e danos, além de facilitar o trabalho na triagem.
 

Ter o que se gosta e gostar do que se tem
 
Vivemos uma época em que tudo é renovado e reeditado muito rápido. A modernidade anda a passos ligeiros e é um desafio acompanhá-la.

Essa velocidade com que tudo é substituído pela sua versão mais nova faz com que as pessoas fiquem ansiosas, sentindo necessidade de comprar o que está na moda. Nem sempre tudo o que desejamos ter reflete uma necessidade. É nessa hora que precisamos parar para pensar.

Algumas vezes queremos ter algo só porque está na moda. Saber que não precisamos ter tudo aquilo que sentimos vontade de comprar é sinal de amadurecimento. É também saber preservar nossa individualidade.

Nenhum comentário :

Postar um comentário