sexta-feira, 20 de maio de 2016

Lápis e caderno entram em ação no “Projeto Educação formal às famílias do Profissão Catador: organizando saberes para a formação cidadã”



Os catadores do Projeto Profissão Catador (PPC) da Associação do Jardim Primavera (AREPRICA), e seus familiares, estão tendo a oportunidade de alfabetização ou a complementação e reforço dos estudos.
A ação proposta, inciativa dos professores do Proenem da Unicruz, coordenados pela Professora Dra. Ieda Márcia Donati Linck, com o apoio da psicopedagoga Fátima Costa, objetiva, a partir do conhecimento do nível de estudos dos catadores inscritos no PPC, e de suas famílias, desenvolver um trabalho que possibilite aos participantes maior autonomia e vivência cidadã, por meio da educação. Trata-se de um projeto piloto que será ampliado para as demais associações.
O primeiro encontro foi marcado pela motivação dos educandos, que receberam um Kit para a realização dos estudos, patrocinado pela Óptica Orion II. Além das práticas emancipatórias previstas para os cooperados do Projeto Profissão Catador, os docentes estão acompanhando a trajetória escolar das crianças, filhos dos catadores.
As atividades do projeto de extensão estão sendo realizadas na Associação do Jardim Primavera e em salas da INATESOCIAL, que está instalada no prédio da Unicruz Centro.
Atualmente o Projeto Profissão Catador é um dos projetos desenvolvidos pela INATECSOCIAL da instituição, que objetiva promover a incubação e aceleração de negócios sociais, segundo os princípios da economia solidária e da economia criativa, da região de abrangência da Universidade de Cruz Alta.






Nenhum comentário :

Postar um comentário