quarta-feira, 18 de maio de 2016

Catadores de Cruz Alta conquistam a implantação de projeto piloto da coleta seletiva para a cidade


As Associações de Catadores do Projeto Profissão Catador da Unicruz, AREPRICA, ACCA, ARCA e ATRECA, obtiveram nesta terça (17) um grande avanço junto ao município, a assinatura de um contrato com a Prefeitura de Cruz Alta para a implantação da coleta seletiva em dois bairros da cidade: Vila Ferroviária e Bonini II. Trata-se de um projeto piloto, com duração de seis meses, que servirá como base para a futura implantação da coleta seletiva em todo o município.
A reunião contou com a presença do Gestor municipal, Juliano da Silva, o Gestor de Projetos Sociais da Petrobras, Marcello Brandão, a Presidente da Fundação Universidade de Cruz Alta, Enedina Teixeira da Silva, a Reitora da Unicruz, Patrícia Dall’Agnol Bianchi, o Pró-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unicruz, Diego Pascoal Golle, os catadores das Associações de Cruz Alta e a equipe do Projeto Profissão Catador.

O progresso do Projeto Profissão Catador desde 2006, pelo trabalho colaborativo dos catadores, e o fortalecimento das ações de reciclagem, por meio da atual parceria com a Prefeitura, estão entre os principais assuntos que foram debatidos.

A Reitora Unicruz, Patrícia Dall’Agnol Bianchi, ressaltou o orgulho da Universidade em ver a trajetória desse projeto pelas mãos dos catadores, trabalho que hoje serve de exemplo e modelo a outros municípios como Tupanciretã, Júlio de Castilhos, Salto do Jacuí e Ibirubá, onde as Associações também foram inauguradas pelo Projeto Profissão Catador e estão em atividade. 

Segundo o Gestor municipal, Juliano da Silva, dentro de uma semana a coleta seletiva será uma realidade para a Vila Ferroviária e Bairro Bonini II.










Nenhum comentário :

Postar um comentário