quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Projeto passa a ter coordenadores de base

Na tarde desta quarta-feira, dia 12 de novembro, os catadores selecionados, através do edital da Fundação Universidade de Cruz Alta, Nº 5 de 2014, realizaram o exame de admissão junto ao setor de medicina do trabalho na Unicruz Campus. Sete catadores do Projeto Profissão Catador II foram selecionados e terão que auxiliar na gestão dos empreendimentos, além de participar das negociações de compra e venda, auxiliando na mobilização de catadores e nas ações de comunicação.

Passam a ser coordenadores de base, Nilton Cézar Ferreira (Tupanciretã), Filomena Alves Teles (Júlio de Castilhos), Dinorá Aparecida (Salto do Jacuí), Marlete de Moura Soares (Cruz Alta - Bairro Acelino Flores), Simone Rodrigues Dias (Cruz Alta - Bairro Jardim Primavera 2), Odete Melo de Souza (Cruz Alta - Bairro dos Funcionários) e Gecilda Ferreira Dias (Cruz Alta - Bairro Planalto). A remuneração dos catadores será de R$ 724,00 reais, correspondente a 40 horas semanais.

Segundo o catador da Associação de Recicladores de Tupanciretã – Terra da Mãe de Deus, Nilton Cézar Ferreira, a expectativa para desenvolver o trabalho na associação é grande, “Pretendo ser transparente e saber coordenar o grupo, sendo rigoroso quando for preciso, mas sempre em busca de ajudar o coletivo a desenvolver o melhor trabalho na associação”, diz.

O Projeto Profissão Catador II, patrocinado pelo Programa Petrobras Socioambiental é executado pela Unicruz, conveniado com a Secretaria Nacional de Economia Solidária do Governo Federal e conta com a parceria dos municípios de Cruz Alta, Salto do Jacuí, Júlio de Castilhos e Tupanciretã.





    Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador II.                  Fotos: Núcleo Integrado de Comunicação da Unicruz

Nenhum comentário :

Postar um comentário