quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Projeto é finalista do Prêmio Fundação Banco do Brasil

No dia 14 de agosto o Projeto Profissão Catador recebeu a visita do gerente do Banco do Brasil, Wilson Luiz Bisognin, para iniciar a última etapa da apuração do vencedor do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social. O projeto é finalista e já está cadastrado na Fundação BB como referência em tecnologia social. Na oportunidade, Wilson conversou com a equipe do projeto na CENCOR, onde foi lhe fornecido todo material de divulgação e ouviu relatos principalmente das assistentes sociais a respeito do funcionamento do projeto. Posteriormente, acompanhado pelo publicitário e pela assistente social, ele conheceu os galpões de catadores e também a obra do terceiro galpão, no Bairro Jardim Primavera. Wilson se mostrou muito satisfeito com o que presenciou e ressaltou a importância de iniciativas desse tipo.






O Prêmio


O Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social, foi criado em 2001, e é o principal instrumento de identificação e certificação de tecnologias sociais que compõem o Banco de Tecnologias Sociais – BTS.
Realizado a cada dois anos, o Prêmio tem por objetivo identificar, certificar, premiar e difundir tecnologias sociais já aplicadas, implementadas em âmbito local, regional ou nacional, que sejam efetivas na solução de questões relativas a alimentação, educação, energia, habitação, meio ambiente, recursos hídricos, renda e saúde.

Nenhum comentário :

Postar um comentário