segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Número de empresas parceiras e doadoras vem crescendo

A partir da criação da lei nº 9.605 de 2010, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos, tornou-se perceptível o aumento da demanda de doações de materiais recicláveis para as associações de catadores em todo o Brasil. Aqui na região esta realidade não é diferente, pois é crescente o número de entidades, órgãos públicos, empresas e escolas, que procuram o Profissão Catador para o encaminhamento correto dos resíduos. De 2013 até o primeiro semestre de 2015, o número de geradoras junto ao projeto cresceu de 25 para 80. 

Na última semana de julho deste ano, as empresas Perfil e a Legítima Super 10, passaram a doar materiais recicláveis, além da Secretaria de Cultura de Cruz Alta, que abriu espaço para que ocorresse uma coleta na 35ª Coxilha Nativista. Além disso, a empresa Mondial Fertilizantes, que já constava na lista de geradoras, ampliou a sua relação com o projeto, através da doação de uma tiragem de 2500 cartilhas do Profissão Catador: Cruzaltino. Ainda no primeiro semestre deste ano, o Sindicato Rural de Cruz Alta também realizou uma doação de 2200 exemplares. Mais informações sobre como realizar doações de materiais recicláveis podem ser obtidas pelo telefone 33228400 ou na central do projeto na Unicruz Centro. 

O Projeto Profissão Catador II, patrocinado pelo Programa Petrobras Socioambiental é executado pela Unicruz, conveniado com a Secretaria Nacional de Economia Solidária do Governo Federal e conta com a parceria dos municípios de Cruz Alta, Salto do Jacuí, Júlio de Castilhos e Tupanciretã.






  
Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador II da Unicruz

Nenhum comentário :

Postar um comentário