sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Ponto de coleta de vidros gerou resultado de 17 mil quilos

Desde o mês de agosto de 2015, a comunidade regional conta com um Ponto de Coleta de Vidros, que está localizado na Avenida Pejuçara 855, junto a Associação de Catadores do Bairro dos Funcionários de Cruz Alta. Na primeira retirada de resíduos do local, concretizada nesta quinta-feira, dia 4 de fevereiro, foram coletados 17 mil quilos de vidros, oriundos de doações realizadas pela comunidade de Cruz Alta e recentemente pela comunidade de Augusto Pestana, que destinou 5 mil quilos.

De acordo com a equipe técnica do Profissão Catador, os municípios vizinhos têm entrado em contato com o projeto pelo telefone 05533228400. Recentemente os agentes públicos de Coronel Barros procuraram o projeto para fazerem uma grande doação de vidros. Com o apoio das entidades sociais e da comunidade regional, os resultados da criação do ponto de coleta de vidros, começaram a surgir e contribuem com o meio ambiente, pois a decomposição deste material na natureza pode durar até 1 milhão de anos. Atualmente o quilo do vidro é comercializado a 6 centavos, em Passo Fundo.  

O Projeto Profissão Catador II é incubado pela INATECSOCIAL da Unicruz, patrocinado pelo Programa Petrobras Socioambiental, conveniado com a Secretaria Nacional de Economia Solidária do Governo Federal e conta com a parceria dos municípios de Cruz Alta, Salto do Jacuí, Júlio de Castilhos e Tupanciretã.




Fonte: Assessoria de Comunicação do Projeto Profissão Catador II da Unicruz.

2 comentários :

  1. Por isso que eu me orgulho cada vez mais de fazer parte do projeto profissão catador,de se catadora e cordenadora de base muito obrigado população de cruz alta e região.

    ResponderExcluir
  2. Por isso que eu me orgulho cada vez mais de fazer parte do projeto profissão catador,de se catadora e cordenadora de base muito obrigado população de cruz alta e região.

    ResponderExcluir